Como administrar dinheiro.

Administrar seu dinheiro, suas finanças de maneira correta, deve ser a prioridade número um e deve orientar seus gastos diários e suas decisões de poupança e investimentos.

Os especialistas no assunto recomendam que é salutar e aconselham reservar o tempo necessário para aprender ao menos o básico para gerenciar uma conta corrente e a como pagar suas contas em dia.

A partir do aprendizado no gerenciamento do seu dinheiro é necessário a atenção constante aos seus gastos e contas, e não gastar nada além dos seus ganhos é viver dentro dos seus meios financeiros.

O desenvolvimento dessa aptidão para o controle financeiro começa com a abertura de sua conta bancária.

Se você possui vínculo empregatício ou é dono de um negócio, seu salário ou pró-labore deverá ser programado para um depósito direto na conta.

Esta conta corrente bancária proporciona a comodidade de ter acesso a cartão de débito e benefícios de segurança. O Fundo Garantidor de Crédito junto às instituições associadas garante  até o valor de R $250 mil, limitado ao saldo existente na conta, além do que você tem o registro de todas as transações efetuadas na sua conta das entradas e saídas.

Para os depósitos dos contracheques ou pró-labore você pode optar por uma conta corrente, conta de poupança ou uma combinação delas. 

Ver também se estas contas oferecem a possibilidade de configurar pagamentos automáticos para seus compromissos mensais, o que além do benefício da comodidade, evita atraso no pagamento de compromissos que podem gerar multas e juros adicionais.

Não esqueça de avaliar os benefícios e desvantagens sobre taxas de manutenção de contas e outros débitos. 

Hoje é possível ter conta corrente e cartões de crédito a custo zero, sem incidência de taxas e despesas. 

Os especialistas ainda recomendam a opção de abrir uma conta corrente e outra de poupança.

Do valor depositado mensalmente, destine o percentual  para despesas inesperadas e emergenciais, como fazer frente a despesas de saúde, impostos e despesas de mensalidades e material escolar de início de ano que costuma consumir somas elevadas.

Outro aspecto interessante na abertura de dois tipos de contas é que ajuda a destinar o dinheiro disponível para gastos imediatos e as reservas destinadas a serem mantidas no longo prazo. 

Ajuda ainda a adaptação do estilo de vida a ser seguido, ou seja, os gastos mensais estão limitados aos valor existente na conta corrente e deve parar por aí, é o que tem para gastar. Possibilita o aprendizado em diferenciar entre necessidade e luxo.

Para ajudar neste processo, aproveitar o dinheiro que você tem na conta corrente é fazer o orçamento, pois é um dos primeiros blocos de construção do plano financeiro pessoal de sucesso.

O entendimento é fácil, porém a execução às vezes é difícil, requer um olhar no espelho e ver refletir a imagem de volta de quem tem vontade de realizar.

O orçamento requer sua análise acurada, poderá provocar mudança de hábitos de consumo e o pensamento que deverá nortear suas ações é de que ao invés do dinheiro controlá-lo, você controla o dinheiro.

Seus hábitos devem ser desenvolvidos para economizar, evitar crises financeiras e manter tranquilidade e melhor qualidade de vida.

Sugerimos algumas premissas no seu plano de orçamento tais como:

  • Como seguir o plano de gastos mensais;
  • Maneiras de reduzir as contas mensais;
  • Opções de pagamento de dívidas (método da bola de neve);
  • Análise das reais necessidades da família.

Até agora entendemos que é necessário ter um orçamento, é chegada a ora então de mergulhar fundo usando algumas etapas para ver exatamente como o dinheiro está sendo gasto e identificar possíveis buracos que estão drenando as finanças.

  • Comece monitorando suas despesas mensais

Em uma planilha ou aplicativo no seu smartphone ou se necessário tenha sempre à mão um bloco de anotação manual, onde possa anotar todo e qualquer gasto realizado. Seja disciplinado quanto a isso, nunca deixe para registrar a despesa mais tarde, não funciona, se não agir assim é fácil esquecer.

  • Separe o que é despesa fixa e variável

Despesas fixas são aquelas  que se tem todos os meses, tais como aluguel ou prestação de financiamento, água, luz, telefone, internet, assinaturas, etc.

Despesas variáveis são aquelas que aumentam e diminuem a cada mês, tais como mantimentos, suprimentos, salão de beleza, combustível, entre outros dentro de seu estilo de vida.

  • Classifique os gastos totais em categorias

Após um período ideal de 3 meses, calcule quanto você está gastando em média por mês, observe as categorias. 

  • De uma atenção especial para as despesas variáveis

É aqui que a maioria das pessoas gasta mais. Analise e veja quais você entende valer a pena e quais realmente podem ser eliminadas. Seja honesto com você e comece a cortar. Este é o início de decisões mais difíceis, porém importantes. 

  • Faça a divisão de suas economias

O primeiro passo é pagar a você mesmo, ou seja o valor que você determinou do seu contracheque ou pró-labore para colocar na poupança ou seus investimentos. Essa prática, deverá ser um hábito, se você sentir que pode fraquejar, solicite ao seu gerente da conta para fazer a transferência automática, isso renderá dividendos ao longo de sua vida. Pode apostar. 

  • Finalmente defina seu orçamento

Faça os cortes necessários em suas despesas fixas e variáveis, você já decidiu o percentual dos seus ganhos que deseja economizar. O dinheiro restante é o que você tem para viver.

Para que seu orçamento tenha os resultados esperados, você deverá seguir à risca o planejado. 

Quanto mais tempo e esforço dedicar ao seu orçamento hoje, melhor será o hábito de economizar para o resto da vida.

Celio Bernardi

Sócio fundador boxcis.com

Boxcis
Author: Boxcis

Compartilhe este Post

Você quer mais negócios?

Ei, somos o Boxcis.

Nosso maior propósito é fazer sua empresa crescer!

Você quer isso para você?

Mais negócios na crise

Sobre o Boxcis

O Boxcis é uma plataforma constituída por um diretório de empresas dos segmentos de Comércio, Indústria e Serviços. Tem como base de clientes Associações, Sindicatos, Federações e Confederações Empresariais, que atuam para fortalecer a geração de negócios B2B, B2C, entre os membros participantes dessa grande rede associativista. O Boxcis gera oportunidades para Fabricantes, Fornecedores, Representantes, Importadores, Exportadores e Consumidores para a realização de negócios.


Warning: Undefined array key "display" in /home/boxcis/public_html/wp-content/themes/listimia/inc/widgets/class-widget-recent-posts.php on line 115

Warning: Undefined array key "items_per_row" in /home/boxcis/public_html/wp-content/themes/listimia/inc/widgets/class-widget-recent-posts.php on line 116
Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.